25 de junho de 2011

Yours to Keep de Shannon Stacey

Kowalsky Family # 3

Sean Kowalsky mal deixa o exército e já é recrutado por Emma Shaw para ser seu noivo de mentirinha. Emma precisa produzir um futuro marido para a visita da avó e, embora Sean não goste de mentiras, ele pode usar o serviço de paisagismo que Emma também está oferecento enquanto decide o que fazer em sua vida de civil. E, mesmo sentindo atração por Emma, não há chance de ele se apaixonar por uma mulher com a vida profundamente enraizada numa cidade que ele não pretende chamar de lar.

Emma também não está interessada em um relacionamento real; não com um homem cujo conceito de lar seja qualquer lugar que puder deixar sua mochila. Não importa  quão incrível sejam seus beijos de “mentirinha”…

 

Esse livro foi lançado esse mês e, ao ler o resumo, me interessei de imediato! Mas, por uma grande distração minha, não percebi que ele era o terceiro volume de uma série – apesar de poder ser lido independentemente. Só que me apaixonei de tal forma pela escrita da autora – e pela família Kowalsky – que já estou com os dois primeiros na pilha e já lendo…

Sean acaba de voltar do Afeganistão e de dar baixa no exército. Está visitando seus tios e primos e ainda decidindo o que fazer de sua vida quando recebe a visita de uma mulher linda  - e completamente louca – que lhe informa ser sua noiva de mentirinha.

Emma é uma mulher independente. Tem seu próprio negócio – Paisagismo Emma – e sua própria casa. Se bem que, tecnicamente, a casa é de sua avó que se mudou para a Florida. A constante preocupação da avó, Cat, com a neta tão sozinha (e ainda por cima, distraída) a faz inventar que conheceu um homem maravilhoso e está namorando. Como tinha acabado de conversar com Lisa Kowalski, sua melhor amiga e esposa de Mike, primo de Sean, o nome do soldado foi o primeiro a aparecer em sua mente. Acontece que a mentira foi se estendendo e acabou se tornando um noivado e, ainda por cima, Emma disse que faz um ano e meio que ela e Sean estão morando juntos. Agora Cat está vindo para uma visita de um mês para conhecer o homem maravilhoso que sua nete descreve e Emma precisa desesperadamente da ajuda de Sean ou vai se ver em maus lençóis…

O livro é super bem humorado e os diálogos e interação entre Emma e Sean são fantásticos. Emma realmente bate na porta do apartamento dele e se apresenta como sua noiva – deixando Sean completamente aturdido! A princípio ele não queria aceitar, mas como é pela paz de espírito de uma senhora – e ele está mesmo meio sem perspectiva – ele entra no jogo. Nem é preciso ser um gênio para saber como a história vai se desenrolar, mas há muitas surpresas com as quais eu não contava! Stacey realmente sabe entregar uma história romântica e bem humorada e com algumas reviravoltas imprevistas…

Alguns destaques:

- A aposta dos primos e irmãos de Sean de quanto tempo Sean e Emma conseguiriam dormir no mesmo quarto sem fazer sexo. Toda hora um perguntava quem tinha ganhado.

- Sean deixando bilhetinhos de post-it no espelho do banheiro – hábito que começou depois de Emma ter feito frango com brócolis e ele se ver forçado a comer! Como justificar Emma ter preparado o vegetal que ele mais odeia depois de terem vividos juntos por um ano e meio sem alertar a avó para a farsa?

- As reuniões com a família Kowalski e enfrentar situações bem embaraçosas e não dar bandeira que os dois mal se conheciam.

- Mitch, irmão mais velho de Sean. Espero sinceramente que ele tenha sua história contada.

Outro destaque é para o relacionamento entre Cat e Russel, um homem com quem ela estudou e sempre conheceu. Um reencontro, agora que ambos estão viúvos,  foi o ponto de partida para um romance da terceira idade delicioso e delicado.

Enfim, uma história com um tema muito abordado no mundo dos romances, mas com nuances bem atuais e cheio de novidades, mostrando que esse gênero ainda tem muito a acrescentar…

1 comentários:

Diannus do Nemi disse...

Oi Regina, muito interessante teu blog...

Tenho disponibilizado pra download o livro Sob o Sol já Deitado pra donwload, romance histórico, que está disponível nesse link, contendo uma pequena resenha também:

http://www.diannusdonemi.com/p/sob-o-sol-ja-deitado.html

Se quiser dar uma olhada, sinta-se à vontade.

Abraços e parabéns mais uma vez.