21 de janeiro de 2013

Someone to Love de Addison Moore

O que acontece quando duas pessoas que não acreditam no amor se veem em um relacionamento mais lindo que poderiam esperar? Um desastre.

Quando Kendall Jordan, 20 anos, se transfere para o outro lado do país, para a Universidade Garrison, a última coisa que espera é uma noite de sexo. Infelizmente, é isso que 0 lindo Cruise Elton oferece.

Kendall percebeu há tempos que o amor é uma ilusão que não dura, e Cruise concorda completamente. Mas algo bem lá profundamente nela  o quer só para ela. Então Kendall elabora um plano para "jogar o jogo" e propõe que Cruise seja seu tutor na transformação dela na versão feminina dele, o próprio playboy de Garrison.

Sentimentos reais começam a surgir e nem Kendall ou Cruise sabem como classificá-los. Tudo o que eles pensavam em saber é redefinido quando eles descobrem Alguém para Amar um no outro.

 

Uma história de amor muito gostosinha e bem humorada contada na forma Ela disse/Ele disse – algo que adoro, pois temos os pontos de vistas de ambos protagonistas.

Kendall está chegando à Garrison e acaba tendo de ir a uma festa encontrar o filho da melhor amiga de sua mãe e que ficou de lhe arrumar o alojamento na universidade.  A primeira pessoa que ela vê é exatamente Cruise, rodeado de garotas e se sentindo o maioral. Ao vê-la, Cruise se encanta com a beleza e inocência dela e já parte para a paquera. E aqui já temos um vislumbre do bom humor que cerca o livro, pois a conversa entre eles é sensacional!

Acontece que o bendito do filho da amiga – e se depender da vontade das mamães – futuro noivo,  não conseguiu acomodações para Kendall e ela acabou "sem teto". E Cruise vem a seu socorro, oferecendo casa, comida e carinho para nossa heroína. Cruise e sua família – mãe e irmã – tem uma hospedaria e ele mora em uma casa nos fundos, para onde ele leva Kendall.

E assim nasce um relacionamento muito interessante entre duas pessoas que não acreditam no amor e que se pegam se apaixonando e não sabendo como lidar com esses sentimentos... E confesso que fiquei um pouco entediada até os dois decidirem se abrir, pois a história ficou bem amarrada,  mas depois foi lindo acompanhar o desabrochar desse amor e ver como eles tinham de enfrentar muitas coisas juntos: carreira, ex querendo o lugar de volta e aprontando todas, amigas precisando de favores muito estranhos e problemas familiares. E ainda por cima, tinham de vencer a insegurança e novidade do que sentiam um pelo outro.

Há muitas cenas de sexo no livro e eu fiquei em dúvida entre considerá-lo um romance contemporâneo hot  ou um New Adult, gênero que vem crescendo e trata exatamente desses temas: a chegada à idade adulta e suas consequências, ida à universidade, primeiro emprego... Mas quando a história é boa, a classificação pode ficar de lado um pouquinho para se curtir as aventuras e confusões de Kenny e Cruise.

E o melhor é que vi no blog da autora que ela já está escrevendo uma nova história onde os protagonistas serão o irmão de Kendall, Morgan, e a melhor amiga dela, Ally. Já estou aguardando ansiosa.

9 comentários:

Marcília disse...

Adorei sua resenha e louca pra ler...ah e sem esquecer da capa...que capa!

Renata disse...

Fiquei curiosa para ler, adoro romances leves. Quando termino a leitura um drama marcante, aqueles livros são os primeiros da sequencia.

Sabrina Piano disse...

Adorei a resenha, mas será que tem esse livro em português? Dei uma pesquisada e não encontrei. :(

Regina disse...

Marcília...

A capa foi o que me atraiu primeiro! Mas o estilo da autora me conquistou, pois adoro narração ele disse/ela disse!

bjs

Regina disse...

Renata...

Realmente a gente precisa mesmo ter livros mais leves para ler e esse vem na medida, pois tem humor e angústias nas doses certas!

bjs

Regina disse...

Sabrina,

Se tiver em portugês vai ser devido à traduções de fãs... Se bem que esse livro está nas listas de mais vendidos lá nos EUA, então creio que alguma editora logo se interessará por ele, ainda mais por ser no estilo favorito aqui das editoras brasileiras YA Mature ou New Adult.

bjs

Paula disse...

Lendo sua resenha fiquei com vontade de ler, você sabe se algum grupo já começou a tradução? Você tem a versão em inglês? caso tenha poderia me enviar? Valeu!!!
email: a.paullynha@gmail.com

marcela alves disse...

alguem sabe se ja tem esse livro traduzido ou algum lugar que esta traduzindo

Regina disse...

Marcela,

Não sei informar se tem alguém revisando, mas como esse livro ficou um bom tempo nas listas dos mais vendidos, acho que logo alguma editora o trará para aqui.

bjs