21 de abril de 2009

PASSION UNLEASHED de Larissa Ione

PassionUnleashedLarissaIo2505_f

Serena Kelley é uma arqueóloga e caçadora de tesouros – uma mulher com um segredo. Desde que tinha sete anos, ela é a guardiã de um poderoso amuleto que lhe concede saúde e imortalidade…desde que permaneça virgem. Mas Serena não é tão inocente. E quando um estranho perigosamente belo a leva à beira do êxtase, ela imagina se finalmente não conheceu o homem a quem não conseguirá resistir.

Wraith é um demônio Seminus com tendências suicidas. Mas quando um antigo inimigo o envenena, ele tem de encontrar Serena e persuadí-la a entregar o único antídoto conhecido no universo – seu amuleto. Mas, quando ela começa a se render às suas seduções e Wraith sente a cura a seu alcance, ele se dá conta da terrível verdade: ele está se apaixonando pela mulher cuja vida ele deve tirar para salvar a sua.

Larissa Ione já vinha me conquistando com seus livros. Após ler esse, me rendi completamente! Ela consegue conciliar suspense e tensão com romance e paixão – e cenas muito sexy – tudo num só livro e, às vezes, ao mesmo tempo, na mesma cena.

Wraith é o caçula dos irmãos Seminus. Sua infância e adolescência não foi fácil. Sua mãe era vampira, o que é uma aberração, visto vampiros não serem capazes de gerar vida – afinal estão mortos. O que se passou foi o seguinte: o pai dele encontrou uma mulher que estava prestes a se tornar vampira e a estuprou (ele era um demônio, afinal de contas), a engravidou e a manteve nesse estado entre a vida e a morte com o dom que possuia (o mesmo que Shade tem, o de fazer os órgãos funcionarem e fazer uma varredura molecular para saber onde está o problema) até que ela desse a luz, obviamente a estuprando constantemente. Quando Wraith nasceu ela já estava completamente louca! Quando tinha cinco anos, ele foi colocado em uma jaula e torturado pela mãe e pela família dela. Aos vinte – quando da primeira metamorfose que ocorre com os demônios Seminus e quando eles passam a precisar de sexo constantemente – a tortura foi se tornando mais cruel, até que num acesso de fúria ele matou a mãe e conseguiu fugir. Depois de dois anos fugindo, os parentes o encontraram e começaram a torturá-lo até a morte. Foi quando Eidolon e Shade o encontraram e salvaram. Mas, ele ficou com sérios problemas: não ligava para a vida das pessoas (nem a própria), matava todo e qualquer vampiro que via pela frente, e era um grande egoísta (ou assim queriam que os outros pensassem). Ele é um exímio lutador e também é o caçador de tesouros do hospital – tanto para conseguir venenos, remédios e artefatos para cura, como para conseguir objetos de valor para venda e a manutenção do hospital.

Mas ele é um personagem mais profundo e interessante do que essa descrição que fiz. No decorrer da série vemos que ele tem muito mais características boas do que ele quer nos fazer ver. E agora, ele é envenenado por um assassino profissional. E é uma toxina que não tem antídoto, até descobrirem sobre um segredo guardado pelos anjos: os humanos encantados. Esses humanos são imortais e carregam um amuleto poderoso. E esse amuleto pode ser a salvação para Wraith.

A descoberta desses seres só se dá por que o mal também está atrás do mesmo amuleto e o vilão consegue remover o feitiço que protegia o guardião.

Serena Kelley é a guardiã cuja proteção foi removida. Quando tinha sete anos, foi ferida por um demônio Mara – um demônio que um veneno específico e que não tem cura. Ela então recebe o amuleto e o encantamento que a mantém sadia e imortal. Mas para isso, ela precisa se manter virgem. Só que ela é uma mulher muito sensual e essa parte do procedimento está sendo difícil de lidar.

Wraith parte para encontrar Serena e usando seu poder – o de entrar na mente e sonhos das pessoas – ele descobre que ela está no Egito, procurando artefatos encantados para o Aegis. Ele se faz passar pelo contato dela – Josh – e vai conquistando a confiança dela. Só que, ao mesmo tempo, ele também vai sendo conquistado por ela. Enquanto a protege do demônio que também está atrás do amuleto, Wraith vai se vendo cada vez mais envolvido por Serena e chega naquela encruzilhada: consegue o encantamento e mata Serena (afinal somente o encantamento a protege do veneno em seu organismo) ou morre e a deixa à mercê do poderoso vilão (fora outros detalhes que são spoilers e não falarei).

O livro tem um ritmo rápido e a tensão e o suspense vão aumentando cada vez mais. Como resolver essas questões e conseguir o final feliz? Larissa magistralmente nos conduz nessa viagem e parece que só conseguimos respirar bem no finalzinho.

Destaco ainda um presente. No final do livro há um Compêndio com os dados dos personagens, as especificações das raças e tipos de demônios e o grau de maldade deles e a história de como os irmãos salvaram Wraith dos vampiros. No site da Larissa há esse Compêndio que pode ser lido on line.

5 comentários:

Débora Lauton disse...

Nossa fiquei sem fôlego só de ler seu post... que inveja, meu inglês não dá pé para ler um livro inteirinho...
Parabéns pela postagem, são essas que nos inspiram a ler cada vez mais...

Um grande beijo,
Dé...

Livros de Bia disse...

Só pela capa já dá para perceber que esse livro promete.
Vou procurá-lo!!!

Adoro esses estilos de livro, e parece que hoje em dia virou febre!!!

Bjs e parabéns pelo post!

Regina disse...

Débora

Eu também achava que não consegueria ler um livro inteirinho em inglês, mas fui tentando e hoje leio até que bem. Só acho que as editoras aqui deveriam investir mais em livros de bolso e procurar autores novos.

Bia,

Realmente o romance sobrenatural está um febre nos EUA. Pelo que venho notando, esse ano vão ser anjos os retratados. Nalini Singh já iniciou uma série sobre eles com o livro Angels´Blood e a J.R Ward também vai lançar uma série com essa temática.

Até autoras mais tradicionais como Nora Roberts e Christina Dodd estão se rendendo ao romance sobrenatural, o que me alegra muito, pois adoro esse tema.

bjs

Regina

Nathallya disse...

Onde eu acho essa série para baixar?

Regina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.