10 de abril de 2012

Immortal Rider de Larissa Ione

Eles estão aqui. Eles cavalgam. Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse.

Nascidos de uma união entre o bem e o mal, quatro irmãos estão entre os agentes do inferno e tudo o que eles querem destruir. Eles são os Senhores da Libertação, e têm o poder de parar o Final dos Tempos... ou deixá-lo correr...

Sexy, poderosa e imortal, Limos está em rota de colisão com seu destino. Ela foi marcada como a noiva de Satã e seu ciumento noivo a quer todinha para si. O único modo que essa Cavaleira tem de se manter – e a todos – seguros é manter a distância.

Arik Wagner conhece o ditado "o amor machuca" mais do que a maioria, embora ele  nunca imaginasse que roubar um beijo de Limos o levasse ao inferno. Literalmente. Ele precisou de todo seu treinamento militar para sobreviver às torturas dos demônios, mas quando voltou à superfície,  Arik percebeu que a agonia apenas começou. Com o Apocalipse se aproximando e Satã exigindo sua noiva, poderão Arik e Limos se render ao desejo que queima entre eles? Ou ceder à paixão apenas libertará o inferno na terra?

Lords of Deliverance # 2

 

Esse segundo livro da série Lords of Deliverance também está fantástico! Nele temos a história de Limos, a Fome, única mulher a fazer parte dos Cavaleiros do Apocalipse – e irmã mimada e festeira. Limos se dava super bem com Reseph, antes de ele ter seu selo quebrado e se transformar no terrível Peste. Os dois viviam dando festas e curtindo a vida e se divertindo a valer! Mas, além disso tudo, Limos também é noiva de Satã – esse mesmo, o próprio senhor supremo do submundo! E, segundo informação dela, Satã e Lúcifer não são a mesma pessoa. Lúcifer é o braço direito de Satã (só esclarecendo, pois Lúcifer aparece na história...).

Já havíamos conhecido Arik na série Demonica – ele é irmão de Runa e cunhado de Shade, – além de ser também militar de um grupo ultra-secreto que conhece e combate demônios e afins e que, quando precisa, se une aos Aegis para proteger a humanidade. Arik, bem como Kynan, são os elos de ligação entre a humanidade e os Cavaleiros na tentativa de deter Peste. Quando Arik e Limos se conheceram, no livro anterior, já deu para perceber uma atração, mas Limos é uma Cavaleira (e aqui devo dizer que Larissa usa o termo Horseman para ela, então estou mantendo) e uma lenda – além de ser imortal e parte demônio – o que faz Arik não agir muito em cima dessa atração – até que num dia acontece um beijo... e daí é o inferno... literalmente!

Por causa de um simples beijo na noiva de Satã, Arik acaba mesmo no inferno sendo torturado incessantemente por um mês inteiro! A tortura é brutal e Arik fica abalado (para dizer o mínimo), mas com a ajuda de um demônio Seminus, que o cura sempre que ele está mal, ele consegue fugir e ser resgatado por Limos, que não parava de procurá-lo. Claro que ela não podia descer ao Sheoul e arriscar ter de cumprir o contrato de casamento, mas ela fazia o possível, né... Só que, ao voltar, a tortura não tinha terminado, pois Arik ainda precisava ajudar Limos a romper o acordo com Satã e ajudar os Cavaleiros a continuar a luta contra Peste, que está cada vez pior e tramando horrores para quebrar os selos dos demais. Tudo isso sentindo-se cada vez mais atraído por Limos – e sendo correspondido...

Larissa aproveita para abrir a trama para o próximo livro – Lethal  Rider – que trará a história de Thanatos. E essa história vai ser imperdível – uma porque adoro Thanatos, e outra porque quero ver como Regan vai lidar com o que fez... – mas achei que ela deu espaço demais para essa trama e tirou um pouco do brilho de Arik e Limos.

E, para variar, Larissa traz uma trama impossível e resolve tudo de uma forma que me deixou boquiaberta... Ela sempre consegue fazer isso, nem sei por que me surpreendo tanto! Esse universo que Larissa criou também tem personagens e elementos bem reais – a gente quase acredita que existe mesmo! Pena que nenhuma editora brasileira ainda se interessou em publicá-la por aqui...

3 comentários:

Andrea C disse...

Quero ler os Lors of Deliverance! Já li os da série Demonica e adorei, apesar de algumas heroínas serem um pouco chatas. Mas não acho em lugar nenhum... Continuo tentando! Beijos

roseanne disse...

vc sabe se algum grupo esta traduzindo? minha esperança e que traduziram demonica espero que sigam com essa bjs

Sharon disse...

Já li o terceiro também e estou quase deprimida que o quarto será o último! A Ione tem um dom mesmo, ela é fantástica. Ela e a Nalini Singh são top top para mim, gosto de tudo que elas escrevem, já estou aqui torcendo para a Ione já ter planos para a próxima série dela.