2 de abril de 2012

Lover Reborn de J.R.Ward

Agora de volta à Irmandade e irreconhecível como o líder vampiro que um dia foi, Thorment está fisicamente emaciado e com o coração totalmente dilacerado. Quando ele começa a sonhar com sua amada presa em um mundo etéreo inóspito e frio, ele se volta para o anjo egoísta na esperança de salvar aquela que ele perdeu. Quando lhe é dito que ele tem de amar a uma outra para poder libertar sua falecida companheira, Thor sabe que estão todos condenados...

Exceto que, então, uma fêmea com história sombria começa a se aproximar dele. Contra o pano de fundo da violenta guerra contra os redutores, e com um novo clã de vampiros visando o trono do Rei Cego, Thor luta contra o passado enterrado e um futuro bem quente e cheio de paixão... mas pode seu coração deixar o passado para trás e libertar a todos?

BLACK DAGGER BROTHERHOOD # 10

 

Esse foi um dos livros mais esperados do ano – e também da série! Confesso que estava preocupada quanto ao conteúdo desse livro, pois Thor e Wellsie eram tão perfeitos juntos – e creio que a maioria absoluta dos leitores achavam isso – que vê-lo se apaixonar por outra seria quase como presenciar uma traição... Como a Ward resolveria esse problema? Mas devo confessar que após ler esse livro me encantei com No´One e vi que realmente algumas vezes temos de aceitar o destino e seguir em frente!

Creio que se pode dizer que o principal tema do livro  é aceitação. Não só Thor teve que aceitar a perda da Wellsie e de seu filho não nascido, mas outros personagens também perceberam que a vida é muito curta e complexa para se perder tempo com problemas que podem ser resolvidos aceitando as fraquezas e forças em si e nos outros.

Até No´One tinha problemas pendentes – inclusive com a filha, Xhex. E a conversa entre elas me trouxe lágrimas aos olhos e foi um dos momentos de revelação da força interna que No`One tem!  Xhex e JM também já começaram a enfrentar problemas em seu relacionamento, exatamente pela teimosia e medo de se perderem – e mais uma vez a Ward nos mostra que o amor, o felizes para sempre, é algo que deve ser trabalhado no dia a dia! Acho que isso é que dá mais realismo aos livros e à série!

Como diz o resumo, uma das convicções que dava a Thor forças para se arrastar pela vida é que Wellsie e o bebê estavam no Fade e que, ao morrer, ele se encontraria com eles do outro lado. Só que essa convicção é abalada ao descobrir que, na realidade, Wellsie e o filho estavam numa espécie de limbo e perigavam ficar por lá até desaparecerem para sempre. A única coisa que poderia ajudá-los a passar para o Fade é Thor se entregar à vida e se desvincular do passado. Mas como fazer isso? Como superar um amor tão forte e reencontrar a alegria de viver sem a pessoa amada?

É aí que entram Lassiter e No`One! Ambos sabem que Thor precisa partir para a aceitação da perda de sua companheira e filho e reencontrar a vida. Mas esse não é um processo fácil e é por isso que J.R. dividiu o livro em estações e a ação foi se passando no espaço de um ano. E, para mim, a batalha de Thor foi muito bem contada e retratada. Claro que, às vezes, eu queria sacudir Thor até aquela cabeça dura dele funcionar! Mas ele estava dando o melhor de si, mesmo quando era um tosco, então continuei a torcer por ele... Outras vezes, ele fazia tudo tão certinho que dava até gosto ver!

Além dessa "batalha" de Thor para superar a tragédia ao mesmo tempo em que vai se aproximando de No´One, temos tramas paralelas bem interessante e surpreendentes! O Bando de Bastardos vem mostrando que não está para brincadeira e entrou fundo na guerra contra os redutores e contra a Irmandade e o Rei também. XCor é um personagem intenso e devo dizer que é um trunfo de J.R. que ao, mesmo tempo em que o odiamos, começamos a torcer por ele! Não há preto e branco em relação aos sentimentos que nutrimos por XCor: é impossível não sentir algo por ele, seja raiva, vontade de matar e cometer atrocidades inomináveis;  mas daí... algo acontece e o vemos em uma nova luz. E aí, dá vontade de pegá-lo no colo e confortar... E o pior? A personalidade dele muda muito pouco, o que muda são as circunstâncias... A mesma coisa pode-se dizer de Throe! Acho que ainda vamos ter muitas surpresas com esses rapazes!

Lembro-me de ter lido, acho que no Facebook da J.R., que nesse livro a relação entre Blay e Qhuinn iria chegar a um ápice: ou eles se aproximariam, ou tudo terminaria... Li o livro com muito temor, pois torço muito por eles. Ao terminar, posso dizer que ela o disse muito bem! Eles estão mesmo numa encruzilhada – e agora, já que o livro deles vai ser o próximo, quero só ver o que vem por aí! Quanto ao livro deles ser o próximo, J.R. fez o anúncio no Facebook nesse final de semana.

Outro personagem que apareceu e que precisamos ficar de olho é Assail! Ele é um vampiro bem poderoso – acho até que poderia ser um irmão – mas resolveu entrar no ramo abandonado por Rhevenge! Sim, amores, mais um traficante gostosão a ser observado. Vamos ver se ele vai fazer Rhev ficar em segundo plano...

Em linhas gerais, acho que pode-se dizer que J.R. Ward acertou completamente a mão com esse livro. Um dos melhores da série até agora! Tanta coisa acontece, tantas tramas são iniciadas – e algumas são fechadas – que ficar mais um ano na seca, esperando pelo próximo não vai ser fácil...

9 comentários:

Andrea C disse...

Acho que a JR Ward voltou a me encantar. Eu amei os primeiros livros mas, por exemplo, o livro do Phury foi muito chato. Continuei lendo porque odeio abandonar séries, mas já não tinha grandes expectativas, sabe?
Talvez seja uma questão simples de se identificar com os personagens, de gostar mesmo deles, como eu gosto do Qhuinn e do Blay.
Esse livro me deixou com um nó na garganta o tempo inteiro, mas é lindo.

Beijos
Andrea
@AndreaAyres

Cida disse...

Regina, querida!
Muito obrigada por essa maravilhosa resenha sobre o livro do thor. Ficarei esperando a da Nalini Singh.
Beijos!

Regina disse...

Oi Cida!

Meu livro da Nalini chegou hoje - Angel´s Flight. Assim que ler, posto a resenha.

Que bom que vc gostou da rsenha do Thor! Como disse a Andrea, o livro é lindo demais!!!!

bjs

Lilian disse...

Nossa, como eu sou apaixonada por esse livro! É tão difícil dizer coisas sobre ele...

E lendo sua resenha, eu senti saudade do livro. Isso é a coisa mais doida que um autor pode causar na gente. Queria voltar no tempo e poder ler esse livro de novo pela primeira vez - reler não é a mesma coisa.

Já me decepcionei muito com a Ward tb,mas dessa vez ela se redimiu comigo. Aliás, desde Lover Unleashed. Esse livro, para mim, é espetacular. Um dos mais lindos da série.

Você disse tudo sobre os personagens, principalmente sobre o BoB. Ainda acho que vai sair muita coisa daí e eu ainda não sei se quero por o Xcor no meu colo ou arrancar os olhos dele com uma colher pelo que ele fez.

Ah, e como esquecer o Lassiter e suas cenas hilárias? Me pego rindo sozinha da cena dele no telhado ou do filme pornô que ele protagonizou e forçou Tohr a assistir. Priceless!

Adorei sua resenha. A espera pelo próximo vau ser doída...

Bjs!

Cida disse...

Oi, Regina!

Mais uma vez estou aqui curtindo o seu blog. Eu gostaria que vc escrevesse uma resenha sobre o livro lord af the abyss da nalini sing. É possível? Desde já, agradeço toda atenção dispensada a mim.

Beijos!

Darla disse...

Acho que esse realmente foi um dos melhores livros da série,senão o melhor.Desde que li sua resenha,fiquei louca pra lê-lo,e desde que li o livro da Payne fiquei achando que o XCor poderia ter alguma coisa com a Layla.Afinal ela é tão linda e perfeita e ele tão frio e "feioso".Mas a Ward tinha que dar uma pequena embaralhada no final com a Layla e o Quinn...Chorei com o Thor e a No'One,final apoteótico,enfim,livro que merece Oscar.Abs.

Anônimo disse...

Acabei de terminá-lo. E... é... D+!!!
NO'ONE, ou melhor Autumn é tão fofa...
Só tou revoltada por ter que esperar pelo próximo... se as coisas continuarem assim vou morrer de ansiedade até o final da saga. Literalmente.
bjs,
Babi

Sharon disse...

Preciso só dizer uma coisa: Se JR Ward não escrever um livro para o Lassiter, eu vou odia-la para sempre! hahaha Já queria isso desde os livros que ele aparecia só um pouquinho, depois desse é quase uma necessidade física hahahaha

Regina disse...

Sharon!

Também quero ver um livro do Lassiter! Mas acho que vai sair pelos Fallen Angels, pois terminei de ler Rapture e foi citado um anjo poderoso que está no "In Between" e só pode ser Lassiter... mas temos de aguardar...

bjs