9 de setembro de 2009

Runaway de Bobbi Smith

RunawayLeisureHistoricalRo4601_f

Fugindo Assustada

Destiny Sterling tinha de fugir de St Louis. Senão ela nunca conseguiria escapar das mãos de seu padrasto…ou dos planos abomináveis que ele tinha para ela. Sua única esperança foi passar como noiva de correspondência e viajar para o Texas para se casar com um fazendeiro.

Fugindo da Lei

Dan Cooper era um bandido dos mais perversos que poderia existir. Ele se orgulhava da má reputação de seu bando…e a série de assaltos bem sucedidos que praticavam. Sua carta na manga era um distante rancho onde planejava se esconder se as coisas esquentassem.

Conduzindo o show

O Texas Ranger Lane Madison sabia que o bando de Cooper apareceria no Rancho Circle D mais cedo ou mais tarde. Tudo que ele tinha de fazer era se passar por novo proprietário…e aguardar. O que ele não esperava era ter de se casar com uma jovem bela e inocente para manter o papel, ou a indiscutível atração que tornava qualquer segredo entre eles impossível.

Não conhecia essa autora. Li uns trechos desse romance numa Newsletter e me interessei. É um romance leve, gostoso e rápido.

Depois de perder a esposa de forma brutal, Lane resolve trabalhar como Texas Ranger e perseguir bandidos. Ele está atrás do bando de Cooper já algum tempo. Numa cidade, descobre que Dan Cooper ganhou um rancho num jogo de poquer, e que pretende transformar esse lugar num esconderijo. Para isso, ele convence seu braço direito – Seth Rowlins – a se apresentar como novo dono e ir se preparando para a chegada dos demais.

Seth é um homem violento e desprezível. E resolve pedir uma noiva por correspondência para dar uma aparência de homem sério e bondoso. Lane, sabendo desses planos, consegue se livrar de Seth e assumir seu lugar no rancho. Ele só não sabia da noiva…

Destiny é uma moça bem nascida e rica. Depois de perder a mãe, fica nas mãos do padrasto, que a entrega em casamento a outro homem desprezível – Bryce – em troca de dividas. Quando quase é estuprada por Bryce, ela o ataca e consegue fugir. Desesperada, ela busca ajuda da criada da família, que a envia como noiva por correspondência ao Texas, como o nome falso de Rebecca Lawrence (a verdadeira noiva que amarelou na hora H!).

Agora imagine a confusão! Os dois com nomes falsos e assumindo a identidade de outra pessoa se casam! E se apaixonam! Gostei do modo como Bobbi explorou essa situação. Não houve grandes dramas ou consciência pesada, nem nada. Os dois estavam fazendo o que achavam certo e melhor no momento. Foram honesto, na medida do possível, um com o outro e a relação deles era muito bonita.

Claro que além do romance tem a aventura. Os bandidos – tanto o bando de Cooper, quanto o padrasto e Bryce – vão atrás de nossos mocinhos e dão muito trabalho. Bobbi é, ao que parece, especialista em escrever livros sobre western e gostei da ambientação que ela deu à história. Não é daqueles livros que deixam marcas, mas cumpre bem a função de distrair e fazer torcer!

4 comentários:

Carla Martins disse...

Acho que não faz muito o meu tipo. Beijos!

La Sorcière disse...

Querida....a capa é muuuuito linda!!
Gostei da história: bem tranquila e fácil de ler!
Bj

Débora Lauton disse...

Esse é mais um dos que não tem por aqui, né??
Só pode ser... rss

beijos,
Dé...

Jeanne Rodrigues disse...

Rê,

Não gosto mto de livros do oeste americano, mas esse eu leria...

Bjos,



http://romancesrosaseespinhos.blogspot.com/