4 de outubro de 2009

Covet de J.R.Ward

CovetANovelOfTheFallenA3087_f

Redenção não é uma palavra com a qual Jim Heron esteja muito familiarizado – sua especialidade é vingança, e,  para ele, pecado é algo muito relativo.  Mas tudo muda quando ele se torna um anjo caído e é encarregado de salvar as almas de sete pessoas dos sete pecados mortais. E falhar não é uma opção.

Vin diPietro se entregou completamente aos negócios – até que o destino intervém na forma de um salvador auto-proclamado e de fala grossa e pilotando uma Harley; e uma mulher que o faz questionar seu destino. Com um antigo mal pronto a possuí-lo, Vin tem de trabalhar com um anjo caído não apenas para conquistar sua amada…mas para salvar a própria alma.

 

J.R. Ward é uma autora de quem sou fã de carteirinha! Mas quando ela comunicou que ia começar uma nova série confesso que não gostei. Os livros da Irmandade já saem um por ano, com duas séries, quanto tempo levariam? Mas devo dizer que ela, como sempre, me surpreendeu agradavelmente!

Covet é um livro bem diferente – ainda se vê o estilo dela: o bom humor, o jogo de palavras – mas os mundos (anjos e adagas)  são completamente opostos, apesar de se encontrarem. E esse encontro é sempre inesperado e bem vindo!

Jim está trabalhando como carpinteiro na construção de uma mansão – que é de Vin diPietro – e conta com a amizade de Eddie Blackhawke e Adrian Vogel. Uma amizade que está nascendo e que não conta com muita confiança, ainda. Um acidente na obra faz com que ele acabe chegando ao paraíso – ou próximo a ele – e entre em contato com 4 anjos. Esses anjos são muito engraçados – e ingleses. Nesse encontro ele recebe sua nova missão: salvar as almas de sete pessoas. E ele foi escolhido por ambos os lados – bem e mal – por ter ambas as tendências dentro de si.

Jim volta e percebe que sua primeira alma é a de Vin diPietro! Vin é um homem riquíssimo, que se fez por si mesmo e vive para ganhar dinheiro e obter luxo. Ele vive em um duplex no Commodore (quem conhece os Adagas sabe que dois personagens tem coberturas nesse mesmo prédio) e agora está construindo uma casa enorme às margens do Rio Hudson. Vin me lembrou um pouco o Clayton (Whytney, meu amor!). Ambos são altos, olhos cinzas, cabelos negros, lindos e ricos. Jim tem de ajudá-lo à decidir o melhor para si, pois Vin encontra-se numa encruzilhada. Mas qual é essa encruzilhada e como Jim pode ajudar?

Na tentativa de ajudar Vin, Jim o leva ao Iron Mask – um clube que quem é fã dos livros da Adaga também conhece muito bem! Lá Vin encontra Marie-Terese.

Marie-Terese é uma prostituta. No livro Lover Avenged ela é retratada como uma espécie de líder das meninas que trabalhavam no ZeroSum. E tem uma cena em LAv que mostrou bem o caráter dela (virei fã da menina por isso!). Agora ela é a mocinha em Covet e vemos o quanto ela sofre por essa escolha de profissão. Mas como está fugindo do ex-marido e tem um filho para criar, ela se sujeita a isso para poder quitar as dívidas e seguir escondida. 

O encontro de Vin e Marie-Terese é mágico! E o relacionamento que surge daí faz os dois superarem traumas, conflitos e lutarem para poder serem felizes. E quando digo lutar, é isso mesmo a que me refiro!

Esse é um livro que com certeza vou reler! Vin e Marie-Terese formam um casal muito especial e, juntamente com os anjos caídos e Dog, revelam uma história de redenção, amor, superação. E agora J.R. me viciou em duas séries e já não bastava esperar chegar Abril/2010 (Lover Mine) vou ter de aguardar por Crave também…

7 comentários:

Débora Lauton disse...

Lá vou eu procurar essa série também... amei sua resenha...

beijos,
Dé...

Luka disse...

Super resenha !
Eu nunca li nada de J.R.Ward e pelo jeito estou perdendo tempo não é ?
Beijos de fada.
Luka.

Jeanne Rodrigues disse...

Rê...

vc parou tudo pra ler esse né? risos....

Adorei seu comentario...

Bjos

La Sorcière disse...

Rê, vc cada coisa diferente!!
Uma surpresa atrás da outra! E suas resenhas são sempre ótimas!
BJ

Celsina disse...

Deve ser "super massa" ^^

Tem selinho lá no blog!
Beijos :)

Paulinha disse...

Oi Regina, adorei saber mais sobre esse livro, só tinha acado um pouquinho de informação sobre ele e agora ja to doida pra ler.
Como voce conseguiu o livro (pelo que entendi vc já o leu)? Pediu pela Amazon/Nobles&Barnes ou baixou na net?
Bjos
Paulinha

Regina disse...

Oi Paulinha

Eu comprei na Livraria cultura. Eles tem em pronta entrega e o frete fica mais em conta do que comprar pela Amazon.

bjs