17 de agosto de 2010

Desaparecidas de Tess Gerritsen – Desafio Literário

Tess-Gerritsen-Desaparecidas

Desafio Literario

Era uma típica noite de verão em Boston. O ar abafado apressava os moradores de volta às suas casas. Não a Dra. Maura Isles. Depois de concluir a quinta necropsia do dia, ela ainda circulava pelas salas do necrotério, o cheiro da morte grudado na roupa. Ao passar por um dos corredores gélidos, a médica ouve um barulho. A longa fileira de corpos parece ter ganhado vida. O ruído tem origem em um dos sacos de cadáveres.

A pele gelada, os dedos roxos, os lábios azulados… “Mais um corpo”, pensa a médica. Entretanto, ela não imaginava que estava prestes a tomar o grande susto de sua vida.

O cadáver abre os olhos.

Com o pulso fraco e baixos sinais vitais, a jovem desconhecida é levada imediatamente ao hospital. Mas o bizarro acontecimento logo se revela fatal. Com frieza e precisão surpreendentes, a mulher mata um segurança e faz alguns reféns. Entre eles, uma paciente grávida: a detetive Jane Rizzoli.

Quem será aquela mulher violenta e desesperada? O que ela quer? À medida que as horas de tensão se acumulam, a Dra. Maura une forças com o marido de Jane, o agente do FBI Gabriel Dean, a fim de desvendar a identidade da misteriosa assassina. Quando agentes federais subitamente aparecem em cena, Maura e Gabriel percebem que estão diante de um caso que vai muito além de uma simples crise de reféns.

É o segundo livro dessa autora que leio – e estou virando fã incondicional! Tess consegue trazer muito suspense, reviravoltas e supresas, além de uma história tocante e um grito de alerta sobre a exploração sexual de mulheres.

O resumo já traz bastante do início do livro – imagine o choque da Dra. Maura ao descobrir que uma jovem vítima de afogamento passou oito horas numa câmara fria e trancada em um saco de cadáver e ainda assim estava viva! Mas quem era essa mulher?

E é aí que Tess nos prende. Logo no Capítulo 1 (que por sinal é um daqueles em que o horror corre solto, sabe daquele tipo que você não quer ver, mas não consegue desviar os olhos?) ela nos apresenta Mila, uma jovem russa de 17 anos que está tentando o sonho americano. No orfanato em que morava, ela é aliciada para trabalhar nos EUA. Segue para o México e vai de van, com mais 06 meninas, tentar a travessia da fronteira pelo deserto. É difícil ver o modo como elas foram enganadas e já sabemos o que vem pela frente… mas a realidade, conforme Mila vai nos contando no livro, é muito pior do que possamos imaginar!

O interessante é ver como Tess vai fechando o circulo e nós vamos vendo o quadro geral, mas nada é tão óbvio e nem tão fácil de descobrir! E quanto mais a gente descobre, mais o mistério cresce e mais curiosos vamos ficando para saber como tudo vai se encaixar e fazer sentido! Amo esse tipo de livro em que o autor sempre consegue estar um passo na frente, mesmo a gente estando logo na “cola” e depois, a reviravolta e a gente fica pensando: “como não vi isso????”

Amei conhecer Jane e Gabriel. Um casal apaixonado e turrão! Não é fácil quando os dois estão sempre correndo perigo – e agora quero procurar os outros livros onde eles aparecem (vi que esse é o quinto da série Isles e Rizzoli). Maura também é um personagem fascinante. Adoro livros sobre legistas – acho que é por isso que adoro CSI (todos) – e ver como os corpos podem revelar tanto sobre os assassinos.

Para mim, foi impossível não me emocionar com essa história – principalmente de Mila. Eu que sou acostumada a ler romances sobrenatural, sobre vampiros, lobos, bruxas, anjos, às vezes me esqueço dos monstros que existem de verdade em nosso mundo. E não é fácil quando uma autora nos faz lembrar disso e nos  mostra de forma tão crua como, em pleno século XXI, ainda existem escravos – principalmente sexuais – e como é fácil nos esquecermos disso. Recomendo para quem realmente gosta de suspense e uma boa trama policial e não tenha medo de se emocionar.

10 comentários:

Bia Carvalho disse...

Ainda não li nada da Tess, mas tenho alguns livros dela aqui em casa...

Acho que seus livros devem ser imperdíveis!

Bjs

Vivi disse...

Sempre se ouve falar bem dessa escritora. Sua resenha vem confirmar essa impressão. Muito boas a sua análise.

Beijocas

Aline M. Gomes disse...

Uau, tipo eu já fiquei doidinha pra ler desde o resumo, depois da sua resenha então...
Parece o tipo de livro do qual eu não consigo desgrudar nem pra ir ao banheiro kkkkkk

Abraço

DANY disse...

OI!
Esse livro parece muito bom mesmo. Já vai para a minha lista de leitura.

Beli disse...

Nunca li nada dessa autora tb! Esse parece ser umlivro muito bom, forte tb...
Adorei a resenha! Me fez querer muito ler esse livro...

Kézia Lôbo disse...

Se v c recomenda, vou ter que anotar os livros dessa autora pra ler! XD

Kézia Lôbo disse...

Se v c recomenda, vou ter que anotar os livros dessa autora pra ler! XDvalspe

Laura Schwartz disse...

Uau! Eu não sabia que a série era baseada num livro! Eu assisto Rizzole & Isles toda semana!! (é uma série nova da TNT)

Anônimo disse...

Esse livro é FANTÁSTICO! Merece muito ser elogiado, eu AMEI. Sem dúvidas: O melhor livro que eu já lí até hoje :I

Valença, Aline disse...

Livro FANTÁSTICO. Tess pra sempre! S2