31 de agosto de 2010

Fallen de Lauren Kate

fallen record

Daniel Grigori parece estranhamente familiar para Luce… Misterioso e reservado, ele chama a atenção de Lucinda no primeiro dia de aula na Sword & Cross – um internato para adolescentes problemáticos em Savannah, na Georgia. Em um lugar onde celulares são proibidos e câmeras de segurança vigiam cada canto, Daniel se torna a única alegria dos dias de Luce, quase uma obsessão.

Mas o rapaz não está nem aí para ela, e não se inibe em deixar isso bem claro. Por que ele a ignora? Luce acredita que passar o último ano no reformatório, depois que o primeiro namoradinho morreu em um misterioso incêndio, já é castigo suficiente. Talvez as estranhas sombras que sempre a atormentaram tenham alguma relação com a atitude de Daniel…

No entando, ela não consegue ficar longe dele, e a atração entre os dois acaba se mostrando inevitável, mágica. Luce precisa descobrir qual o segredo que Daniel guarda tão desesperadamente – uma verdade que poderia matá-la. Algo que, em vidas passadas, Daniel não conseguiu evitar.

Uma história envolvente repleta de mitologia, romance e mistério, FALLEN rapidamente conquistou seu lugar entre os mais vendidos do New York Times e em breve chega às telas dos cinemas pelos estúdios Disney.

Esse é aquele tipo de livro que te prende já no prólogo! Começa em 1854,  com a descrição de um amor impossível, onde um rapaz sabe que deve se afastar de uma moça antes que seja tarde demais (tarde de mais para quê???) e, então, algo acontece… Mistério!!!!

Corta para os dias atuais… Um reformatório para jovens com problemas  com a justiça. Luce está chegando – atrasada, para variar – em seu primeiro dia de aula no internato Sword & Cross. Mais para a frente, vamos descobrindo que ela foi parar ali depois da morte misteriosa de seu paquera – ele morreu queimado quando os dois estavam juntos, e Luce não se lembra de nada do que aconteceu. Ficamos sabendo também que Luce sempre viu umas sombras, que a perseguem, e que já causaram muitos transtornos em sua vida – inclusive tratamentos psiquiátricos com drogas muito fortes – até ela aprender a não falar mais sobre elas…

Mais três alunos estão chegando com ela: Cam, Todd e Gabbe.  Mas é Ariane, uma menina muito louca,  quem faz o papel de cicerone e lhe apresenta a escola e lhe fala de como é a vida nesse lugar. Que cá para nós é deprimente e gótico demais! Só para terem uma ideia: há um cemitério no terreno da escola e é  lá que os alunos cumprem detenção. E a igreja foi transformada em academia de ginástica, inclusive com piscina no lugar dos bancos e altar!

Mas nem tudo é medo e desesperança na vida de Luce. É nessa escola que ela encontra Daniel Grigori! Logo que o vê, se sente atraída. Ela tem a sensação de conhecê-lo de algum lugar e deseja mais do que tudo se aproximar dele. Infelizmente, ele não dá sinal de gostar dessas investidas e deixa isso muito claro!

Pra piorar, Cam – um lindíssimo moreno de olhos verdes – se mostra muito interessado em Luce. E, na mesma medida em que Daniel a destrata e ignora; Cam se mostra companheiro e está sempre perto para ajudá-la. Luce se vê dividida entre aceitar a atenção de Cam ou perseguir seus sentimentos e ir atrás de Daniel. E eu, apesar de não gostar muito de triângulos amorosos, amei cada segundo dessa disputa!

Para ajudá-la, Luce conta com a amizade e inteligência de Penn! Penn é a única aluna que não está na escola por ter tido problemas. Seu pai era o zelador da Sword & Cross e ela está lá com uma bolsa de estudos.  Quanto mais Luce e Penn procuram saber sobre Daniel, mais misteriosa a história vai ficando – e mais curiosos os leitores se tornam! Aliás, mistério é algo que permeia o livro todo, pois sempre que Luce (e, consequentemente, nós leitores) nos aproximamos de Daniel e da verdade, mais ele se retrai e nos frustra. E é esse mistério que traz o charme do livro e faz ser impossível de largar a leitura.

Aqui se pode ver o momento em que Luce vê Daniel pela primeira vez! Só um gostinho para aguçar a curiosidade de vocês.

3 comentários:

Celsina disse...

Eu realmente vou morrer de curiosidade de não ler essa livro logo =p

P.S: Nossa, como tem tempo que não venho aqui, já estava com saudade das resenhas ^.^
Beijos!

La Sorcière disse...

Menina, se vc visse o ANJO que o stand da Record colocou para fazer as propaganda de Fallen na Bienal... affffffffffff
Tirei tanta foto com ele, que no final tava até com vergonha!!!
Quero muito ler o livro, parece ser diferente, chega de vampiros!!!

Lili disse...

Oi Rê, quero tanto ler esse livro! rs
Quem sabe um dia ele caia na minha mão! rs

Adorei sua resenha viu?! Só fiquei com mais vontade de lê-lo!

Beijos
Lili