30 de maio de 2012

Gabriel´s Rapture de Sylvain Reynard

Professor Gabriel Emerson embarcou em um apaixonado, porém clandestino, caso de amor com sua ex-estudante, Julia Mitchell.

Isolados em umas férias românticas na Itália, ele a instrui nas delícias sensuais do corpo e no êxtase do sexo. Mas quando retornam, a felicidade deles é ameaçada por estudantes conspiradores, políticas acadêmicas e uma ex-amante ciumenta.

Quando Gabriel é confrontado  pela administração da universidade, será ele forçado a repetir o destino de Dante? Ou lutará para continuar com Julia, sua Beatriz, para sempre?

 

Sylvain Reynard entrou para a lista de autores de quem eu compro qualquer livro que escrever! O domínio que ele tem na escrita, a sensualidade das palavras e a beleza da prosa desse autor é algo a ser muito admirado! Não dá para descrever a experiência de ler uma obra de Sylvain (e olha que esse é só o segundo livro dele!)... Só posso aconselhar: quem lê em inglês, não deixe de conhecê-lo!

Esse livro começa logo onde parou Gabriel´s Inferno: Julia e Gabriel estão na Itália para uma série de conferências que Gabriel dará na cidade, e depois passarão uma semana numa villa antes de irem passar as festas de fim de ano com a família. O clima é super romântico, sensual e erótico. Sylvain nos conduz em um tour pela cidade, pelos museus, pela vida íntima do casal e nos faz viajar em suas palavras.

O natal em família, porém, traz algumas surpresas bem desagradáveis para Julia e a felicidade do casal é ameaçada com uma presença de uma pessoa nada agradável. Mas não é só essa pessoa que deseja estragar o relacionamento de nosso casal favorito. Christa, a estudante pentelha e que deseja seduzir Gabriel desde sempre,  começa a ficar desconfiada e a fazer algumas investigações que causarão muitos problemas para Gabriel e Julia...

Como diz o resumo, a universidade começa uma investigação e o futuro acadêmico de Julia e Gabriel se vê ameaçado. Chega a hora de tomar decisões nada agradáveis e que podem ferir gravemente o amor entre eles. E, mesmo esse amor sendo imenso, há as inseguranças de Julia e o modo como Gabriel deseja super proteger sua amada, que ajudam a atrapalhar ainda mais a situação.

O livro é de uma intensidade belíssima. É impossível não "estar lá" com e para os personagens, mesmo quando não temos o quadro completo em nossa frente! O que se pode notar é que, enquanto Julia vai aprendendo a ser mais objetiva e mais centrada e mais confiante em si; Gabriel vai descobrindo um novo mundo de fé, compaixão e caridade. A viagem interna de cada um é muito interessante e intensa (estou usando muito essa palavra, mas é que esse é um livro intenso mesmo!). E, quando achamos que tudo está se resolvendo, Gabriel e Julia nos surpreendem e mostram que tudo que é bom, pode melhorar e muito!

Depois de fazer  minha resenha do primeiro livro, fui buscar ler algumas resenhas no site da Amazon – adoro fazer isso, pois gosto de ver outros pontos de vista, mas só depois de já ter escrito o meu, claro – e em uma delas vi que a resenhista disse que a história tinha terminado de forma completa, e que outro livro seria desnecessário. Apesar de concordar que o final foi belíssimo, senti que Reynard deixou algumas "pistas" no ar e que essa segunda história retomaria esses pontos. E não me enganei. Fora que eu jamais perderia a chance de rever meus personagens favoritos novamente. E, se Sylvain quiser criar mais alguma história onde esses dois apareçam, pode contar comigo!

3 comentários:

Lilian disse...

menina, não me deixe mais doida pra ler esses livros! tenho dinheiro nem espaço pra mais livros não, rs...

sério, tou doidinha pra ler. espero poder comprar logo.

bjs!

Natalia disse...

Impossível ler e não pensar: existe algum Gabriel, Gideon ou Christian Grey por aí? rs
Acho que quanto mais eu leio, mas fico exigente com homens!!! O sonho de toda mulher é ter um homem desse ao lado, apesar de todo defeito, o que eles mais desejam é dar prazer (em todos os sentidos) para a mulher...
O que eu mais gostei nesse livro é ele ser escrito em 3a pessoa, assim sempre sabemos o que ambos personagens estão pensando, ao contrario de Bared to You por exemplo, que eu li imaginando o que o Gideon estava pensando naquele momento. Como sempre, amo suas dicas e suas resenhas! Bjs!

Unknown disse...

Esse livro é perfeito, a história belíssima e os personagens nos cativam. Adoro livros que fazem essa mistura de emoções em minha cabeça, em um minuto estou emocionada e choro com eles em outro dou gargalhadas. Super recomendo!