30 de junho de 2014

When Day Breaks de Maya Banks

Dizem que Eden é uma das mulheres mais belas do mundo. Seu rosto aparece em incontáveis revistas e seu corpo vende milhões de dólares em vestimentas. Mas sua fama e beleza lhe trouxeram mais do que o imaginado. O mau a está perseguindo, determinado a destruir sua beleza para sempre.

Swamson ou "Swanny", como seus companheiros de equipe o chamam, está sempre pronto para a próxima missão. Ele voltou do Afeganistão ferido e cheio de cicatrizes. Dificilmente o tipo de homem que deveria ficar na mesma sala que Eden. E ainda assim, há algo sobre a quieta bela que aquece  seu sangue  e o faz sonhar com o impossível. Porque Bela amando a Fera acontece só em contos de fadas e o KGI não lida com contos de fadas. Nunca.

KGI # 9

Swanny apareceu como personagem secundário no quarto livro da série. Ele foi capturado e torturado juntamente com Nathan Kelly. E depois ele se viu cada vez mais envolvido com as missões do KGI e acabou até "adotado" por Marlene Kelly, a mãezona. Ele tem um lado do rosto cortado por uma cicatriz. E não só o rosto, mas todo o corpo traz as marcas da tortura e do inferno pelo qual passou e sobreviveu.

Eden Sinclair é uma modelo super famosa. Linda e bem sucedida, ela foi escolhida para representar uma nova marca e, por isso, tem de ir a Paris filmar um comercial e fazer aparições em festas e jantares. Só que a vida dela está em perigo, pois o passado de seu pai está chegando para cobrar uma dívida – e ela é quem vai ter de pagar...

A família de Eden é formada por militares e policiais. O pai é um ex-especial ops e um de seus irmãos – Ryker – serviu com Nathan, Joe e Swanny. Raid, o irmão mais velho é policial. Há um segredo terrível  no passado do pai deles e agora esse segredo está gerando uma grande ameaça à vida de Eden. E é por isso que Ryker resolve chamar o KGI para proteger a modelo. E, como Joe deve sua vida a Ryker, sua equipe parte imediatamente para a missão.

Swanny sempre gostou muito de Eden, desde antes de a conhecê-la, pois Ryker sempre dividia as cartas e fotos da irmã com os companheiros. Ele está inseguro em encontrá-la por causa de sua cicatrizes. Mas desde o momento em que Eden entra na sala onde está a equipe, ela só tem olhos para Swanny!

E Eden é uma das melhores heroínas que já vi, pois não tem medo de lutar pelo que quer – e ela quer Swanny. E ela deixa bem claro para ele que está atraída e quer muito mais dele. E isso é ótimo, pois Swanny jamais teria coragem de se aproximar dela... E, no meio de todo o perigo e de toda a viagem e filmagem do comercial, os dois vão se conhecendo e se apaixonando.

Como sempre na série, o suspense vai num crescendo e vamos acompanhando o desenrolar da trama com nervosismo e apreensão. Claro que não falta muita sensualidade e romantismo também.

Eu achei que Maya caprichou bem mais nesse livro, pois não teve as repetições irritantes do anterior, apesar de a insegurança de Swanny estar sempre presente. Mas ele tinha motivos para essa insegurança. Eden me conquistou completamente com seu jeito honesto e direto, pois ela não tem medo de se mostrar e de enfrentar os obstáculos. Um livro delicioso! Daqueles que você não consegue largar até chegar ao THE END.

4 comentários:

mary c.s.p disse...

Adoro os livros da Maya Banks principalmente os históricos ,mas esse me parece muito bom,com certeza vai entrar para minha lista de leitura que por sinal já esta enorme kkk são tantos livros bons.
https://leiturasdamary.blogspot.com/

Lorena Camilo disse...

Olá, eu adoro a série KGI tenho todos os livros exceto esse, por isso será que vc poderia enviá-lo por e-mail pra mim por favor!?

lorenakmillo@gmail.com

Obrigada, adorei sua resenha não vejo a hora de ler sobre o Swanny. :)

Anônimo disse...

Olá tudo bem???

Já li toda a série KGI exceto Darkest Before Dawn o livro do Hancock! Você o tem? Será que já existe em E-book??? Estou maluca pra lê-lo mas ainda não o encontrei!

Regina disse...

Olá

O livro do Hancock ainda não foi lançado... Também estou ansiosa esperando, pois já o encomendei para o meu kindle.

bjs