2 de setembro de 2008

JACOB de Jacqulyn Frank


1º livro da série Nightwalkers

Desde o início dos tempos existem os Nightwalkers - seres noturnos que vivem nas sombras da lua. Amar uma humana é absolutamente proibido, e um homem garante o cumprimento dessa antiga lei: Jacob, o Defensor... Por 700 anos ele resistiu à tentação, imune aos desejos proibidos, ao apetite incontrolável ou à maldição da lua. Seu controle é total, até o momento em que ele vê Isabella numa rua sombria de Nova York. Salvar a vida daquela jovem não faz parte de seus planos... Tampouco Jacob estava preparado para a força dos sentimentos que ela lhe desperta. Mas, no momento em que acolhe nos braços, o delicado e tentador corpo feminino, uma atração poderosa explode entre eles, uma paixão proibida que sobrepuja tudo aquilo em que Jacob sempre acreditou e que sempre defendeu...


Já tinha lido esse livro em inglês, mas a tradução ficou muito boa.

Jacob é um Demônio da Terra, o Defensor da raça, aquele que tem a obrigação de fazer cumprir as leis. E a lei é clara: é proibido relações entre humanos e demônios. Os demônio que tentar quebrar essa regra é rigorosamente punido.

Mas, um dia, Jacob encontra-se com Isabella - uma humana - e todas as suas convicções se transformam. Ele não consegue ficar longe dela, e começa a desenvolver habilidades que antes não possuía: consegue sentir o que ela sente, ouvir o que ela pensa. Isabella, por sua vez, também começa a desenvolver dons especiais. Consegue ler a antiga língua dos demônios e descobre, assim, uma profecia perdida.

No decorrer da história, vemos que Isabella é híbrida de humana com druida - uma raça antiga, supostamente dizimada pelos demônios mil anos atrás. Druidas e Demônios eram complementares, assim, quando Jacob e Isabella se tocaram pela primeira vez, desencadeou um processo de alteração genética que fez com que ambos se tornassem parceiros.

O relacionamento de ambos é muito intenso e possessivo - Jacob não permite que nenhum homem se aproxime dela. Conforme vão aprendendo mais um sobre o outro, precisam lutar para mudar as leis e fazer com que os Demônios aceitem um novo jeito de pensar.

1 comentários:

Ana disse...

Nossa fiquei super interessada, vou procurar o livro.