14 de junho de 2009

Fantasy Lover de Sherrilyn Kenyon

FantasyLoverDarkHunterBo3592_f

Caro Leitor,

Ficar preso em um quarto com um mulher é uma coisa boa. Ficar preso em centenas de quartos por mais de dois mil anos não é. E ser amaldiçoado a ficar preso em um livro como escravo sexual pela eternidade pode acabar até mesmo com o dia de um guerreiro espartano.

Com um escravo sexual eu sabia tudo sobre mulheres. Como tocá-las, como saboreá-las e, acima de tudo, como dar prazer a elas. Mas quando fui invocado para satisfazer as fantasias sexuais de Grace Alexander, encontrei a primeira mulher na história que me viu como um homem com um passado atormentado. Somente ela se preocupou em me tirar do quarto e me levar ao mundo. Ela me ensinou a amar novamente.

Mas eu não nasci para conhecer o amor. Eu fui amaldiçoado a passar a eternidade sozinho. Como um general, eu há muito aceitei minha sentença. Só que agora eu encontrei Grace – a única coisa sem a qual meu coração ferido não conseguirá viver. Claro, o amor pode curar todas as feridas, mas será que pode quebrar uma maldição de dois mil anos?

Julian da Macedônia.

Finalmente me rendi aos Dark-Hunters! Há tempos essa série estava me tentando – sempre ouvi elogios aos livros e a autora Sherrilyn Kenyon, mas evitava me envolver com eles. Agora resolvi parar de fugir e simplesmente amei esse primeiro livro!

Julian da Macedônia é filho de um general espartano e da deusa Afrodite. Nunca conheceu o amor, pois foi abandonado pela mãe ao nascer e foi criado pela madrasta e pelo pai para ser um legítimo guerreiro de Esparta, ou seja, cresceu a base de pancadas e passando fome e lutando para sobreviver. Ele é um homem lindíssimo e atrai as mulheres como o mel às moscas e, por isso, não tem amigos também, pois os homens sentem ciúmes e inveja dele. Com muita dedicação e coragem ele consegue chegar ao posto de general Macedônio e obtém o respeito de seus pares. Mas a inveja e intriga dos deuses o levam a atos que fazem com que seja amaldiçoado pela eternidade a ficar preso num livro e a servir de escravo sexual à quem o invocar.

Grace Alexander é uma terapeuta sexual que tem problemas nessa área. Como ela consegue ajudar aos outros carregando os traumas que carrega só prova que ela é realmente boa no que faz. Como presente de aniversário, sua melhor amiga – Selena – a presenteia com um livro mágico e faz com que ela realize o ritual para invocar um amante perfeito: numa noite de lua cheia, à meia noite, ela tem de repetir o nome do guerreiro retratado no livro três vezes. Bêbada e para agradar a amiga ela assim o faz e qual não é a surpresa ao encontrar o deus grego nu em sua sala! A partir daí temos a maravilhosa história de duas pessoas atormentadas e sofridas que lutam para se entenderem e se conhecerem e se ajudarem.

Adorei o modo como Sherrilyn tratou a mitologia e a história nesse livro. Os deuses e deusas se mostraram fúteis, egoístas, infantis, mas ao mesmo tempo solidários e atuantes. Bem como a mitologia os retrata.

Agora que fui fisgada, resta seguir a série e já comecei o segundo – Dragonswan - (de acordo com a ordem de leitura sugerida no site da Sherrilyn).

6 comentários:

Bia disse...

Oi Aline,
Tem um selinho para você lá no meu blog!

Bjs

Tonks71 disse...

Regina, eu comecei a ler esse livro e estava amando tb, posso te fazer uma perguntinha vc leu em inglês ou na versão digitalizada em português.

Eu parei porque estava lendo uma versão digitalizada e ela estava me dando nos nervos por errinhos ortográficos e de tradução, kkkkk.

Mas isso foi há muito tempo, será que revisaram?

bjos

Regina disse...

Tonks,

Eu li em inglês, mas acho que foi revisado pelo projeto revisoras alguns meses atrás.

bjs

Débora Lauton disse...

Uau... Regina, você anda me levando pro mau caminho... taí mais uma série que "tenho" que ler...

beijos, querida...
e continue com essas suas indicações maravilhosas...

Dé...

kel disse...

Vi mtos relatos sobre os dark hunters, mas so as suas opinioes a respeito deles me animou meeeesmo. Obrigada! Eu li uns picados devido aos personagens, outros nem dei bola inicialmente. As vzs acho q as sinopses nao ajudam mto... algumas me fazer desistir, e qdo insisto, ate me surpreendo. Por isso sempre visito blogs como o seu, com opinioes pessoais ao inves de simples sinopses. Mais uma vez, obrigada! ^^

Regina disse...

Oi Kel.

Eu tinha lido alguns contos que fazem parte do universo dark-hunters (em antologias por causa de outras séries). Mas ler na sequência indicada pelo site é muiiiiito melhor - vc começa a entender o mundo e personagens e a se apaixonar pelo estilo da Sherrilyn.

Se começar, comente suas opiniões...

bjs