27 de junho de 2009

Armadilha para um Marquês de Kat Martin

Um coração de aço... Um toque de seda...

Desde o momento em que Lucien Montaine, o marquês de Litchfield, encontra aquela jovem suja e maltrapilha, porém com o porte e os modos de uma rainha, escondida em sua carruagem, ele começa a lutar contra o desejo que ela lhe desperta. Embora cativado pela beleza, inteligência e coragem de Kathryn, ele se recusa a amar uma mulher que tentou enganá-lo...
Quando Kathryn força uma situação para obrigar o marquês a se casar com ela, Lucien fica ainda mais dividido entre o desejo e a decepção. Além do mais, ela insiste em se dedicar a uma atividade que ele não aprova, por se tratar de algo totalmente inadequado para uma dama. Será que aquela mulher tão meiga, e ao mesmo tempo tão determinada, conseguirá domar a fúria do marquês? Ou os encantos de Kathryn servirão apenas para fortalecer a decisão de Lucien de não se expor aos perigos de um coração apaixonado?

Kathryn é uma moça nobre – filha de um conde – que, depois de ficar órfã, vê-se sob a guarda de um tio abominável que nada mais quer do que roubar sua fortuna. Para conseguir tal intento, Lorde Dunstan interna a sobrinha num hospício. Mas Kathryn consegue fugir e encontra ajuda com Lucien.

Lucien é um homem que não acredita no amor. Ele foi criado pensando que tal sentimento é uma bobagem que só conduz o homem a infeliciade. Mas assim que vê Kathryn, sente por ela uma grande atração e afinidade. Ela é educada, inteligente, bem humorada – só que gosta de esconder alguns detalhes de sua vida e manias. Isso só faz com que Lucien busque se afastar dela.

É interessante ver o modo como Lucien luta contra o amor que começa a sentir por Kathryn. Ele faz de tudo para não reconhecer esse sentimento. Ao mesmo tempo, Kathryn sente-se culpada pela armadilha que armou para ele e não se acha digna de ser amada. Além disso, há todo o desejo de Kathryn em estudar ervas e curas e anatomia. Desejo esse que não é compartilhado por Lucien.

O título em inglês é Silk and Steel e acho que revela bem os protagonistas: tanto Kathryn quanto Lucien não abrem mãos de seus sonhos, mesmo que isso possa custar a felicidade de ambos. Ao mesmo tempo, eles são carinhosos um com o outro e com Michael – o menino órfão que ajudam e acolhem.

Um livro muito lindo e que merece ser lido. Há ainda coadjuvantes maravilhosos que só engrandecem essa história.

6 comentários:

Fernanda disse...

Hm, gostei... esse livro parece ser do estilo que eu gosto..! :)

Beijo..! :*

Tonks71 disse...

Legal!
Tenho ele aqui em casa, mas ainda não li, assim como o outro bestseller da autora [b]Inocência Perdida[/b], que foi muito elogiado.

Tenho que arranjar um tempinho pra ler os dois. :)
bjos

Regina disse...

Oi Fernanda e Tonks

Eu gostei mesmo desse livro. Já conhecia a autora - li Heart of Honor - e gosto do estilo dela.

Ainda não li Inocência Perdida, mas logo logo vou pegá-lo.

bjs

La Sorcière disse...

Hummm....quero ler....estou precisando de finais felizes!!!
Bjs

Carla Blackhawk disse...

Ola, sou da comu AR. Linkei vcs no meu brógui, ok? Bjim.

Celsina disse...

oii, nossaa adorei o jeito de q falou do livro, deu vontade de ler agora ;D
haa, gostei muito do seu blog,eu fiz o meu ñ tem nem 2 dias.
e,eu linkei seu blog no meu tah?
(to aprendendo ainda como faz isso)
Beijoo!