15 de abril de 2011

Montana Creeds de Linda Lael Miller

 

Logan: Depois de vagar por anos, Logan Creed, um cowboy com um diploma de Direito enferrujado, voltou para casa. Para fincar raízes, restaurar a negligenciada fazenda da família… ter filhos que terão orgulho de usar o nome Creed.

Briana Grant, divorciada e mãe,  ouviu as histórias sobre seu belo vizinho. Então, a gentileza de Logan com seus filhos pequenos foi uma grata surpresa, principalmente quando seu ex volta. E quando um inimigo desconhecido vandaliza sua casa, Logan mostra a Briana – e ao povo do condado de  Big Sky – do que ele é feito…

 

 

Dylan: Conhecido como “bad boy dos rodeios” por seu talento em domar touros e mulheres, Dylan Creed gosta de viver sempre na correria. Mas quando a filha que ele raramente vê é abandonada pela mãe, Dylan volta pra casa, para o rancho Stillwater Springs. De alguma forma, o campeão em enfrentar touros tem de se tornar um pai campeão, e rápido.

A bibliotecária da cidade, Kristy Madison, fica surpreendendemente calada quando Dylan Creed aparece com uma menininha para a hora da história. O homem que deixou um rastro de corações partidos – incluindo o dela – voltou… e dessa vez Kristy está determinada a domar os modos selvagens dele de uma vez por todas.

 

 Tyler: Seja ganhando o cinturão de campeonato, ou lidando com o pessoal de Hollywood assinando contratos, o ex astro de rodeios Tyler Creed pode lidar com qualquer coisa. Exceto permanecer no mesmo pedaço de terra com seus irmãos. Ainda assim, eles estão em Stillwater  Springs, mal se falando, mas tentando restaurar o rancho e a família Creed.

Lily Kenyon conhece muito bem sobre afastamento de família e sobre segredos. A mãe solteira voltou para casa para acertar as coisas, dar raízes para sua filha. O que ela não esperava era Tyler Creed, a quem ama desde a adolescência. Agora o belo e teimoso cowboy que saiu de casa em busca de fortuna, pode descobrir que ela sempre esteve sob os céus de Montana…

 

Já tinha ouvido falar muito bem dessa trilogia e, então, nada mais natural do que correr para lê-la. E o que descobri foi uma história deliciosa e que me fez gostar muito de cowboys!  E quando digo correr, quero dizer que é impossível de largar – terminava um e já engatava o outro!

Resolvi fazer um post único com os três livros pelo motivo de a história que corre entre eles ter um forte elo e ser o motivo da série: a busca de Logan, Dylan e Tyler pela recuperação de seu rancho, sua família e, principalmente, fazer as pazes com o passado para poderem ter algum futuro.

Os irmãos Creed partiram cada um para seu lado logo depois do funeral do pai deles. Logo após colocar o velho Jake em seu repouso eterno, Logan, Dylan e Tyler foram ao bar da cidade onde beberam muito e se envolveram numa briga violenta. Acabam cada um em uma cela na delegacia da cidade e, no dia seguinte, partiram e nunca mais se falaram ou se reuniram.  Todos construiram suas vidas ao redor dos rodeios, onde foram campeões e ganharam dinheiro. Souberam aplicar e obtiveram sucesso, mas sempre faltava  algo…

Então Logan decide voltar para o rancho da família! Ele está cansado de pular de galho em galho e pretende se reestabelecer na terra de seus antepassados e recuperar seu rancho e o nome da família. Ele tem esperança de atrair seus irmãos para a cidade e, juntos, poderem reconstruir sua herança e ver o nome Creed ser motivo de orgulho e força e não de confusão e baderna e bebedeiras. Claro que, na medida do possível, seu plano é bem sucedido e a reunião acontece, mas há muitas coisas a serem resolvidas e descobertas e enfrentadas pelos irmãos para que haja o perdão e que a amizade que tinham possa ser restabelecida.

E é aqui que entram as mulheres! Elas são o apoio que eles necessitam e a força que os escoram para que eles possam se ver e se aceitar como são. Elas também têm seus demônios e problemas a enfrentar e, juntos, os casais encaram os desafios e começam a se abrir para o perdão e o futuro.

Outro ponto positivo é que, como o decorrer dos livros, a gente se sente parte da cidade! Linda consegue nos trazer para dentro da comunidade de Stillwater Springs e acompanhamos não apenas os irmãos e suas companheiras, mas o dia a dia de uma cidade pequena, com suas fofocas, seus cidadãos, sua cultura… Gostei muito disso! Torci pela vitória de Jim Huntinghorse quando concorreu para xerife, me surpreendi e me comovi com o xerife Books e sua preparação para a aposentadoria.

Agora, se me perguntarem pelo livro favorito digo que adorei todos. O de Dylan me comoveu mais, mas adorei a garra de Briana e o modo como ela conseguiu dar a volta por cima depois do que o ex-marido fez com ela e os filhos… Já Tyler é o mais hot dos três e com algumas reviravoltas bem interessantes. Cada um tem seus pontos fortes e fracos e, no geral, formam uma história de luta e superação e perdão e recomeços.

Gostei tanto que já estou de olho nos novos livros que ela vai lançar (e já está lançando) e acho que logo vou voltar ao tema dos cowboys! Mais informações no site dela.

1 comentários:

Lilian disse...

lá vou eu de novo... você sabe o quanto sou fã dessa trilogia, né? amei cada livro e esperava os próximos com uma ansiedade imensa! nunca fui de livros de caubois, mas os da Linda definitivamente me cativaram. quero ler todos!

sua resenha me deu uma saudade imensa desses meninos Creed... eita história gostosa e bonita de se ler!

bjs!