22 de janeiro de 2010

Seduced by Shadows de Jessa Slade

SeducedByShadowsANovelOf5497_f

 

Depois de um acidente que a deixou perto da morte, Sera Littlejohn está lutando para juntar os cacos de sua vida. Mas quando um estranho de olhos violeta lhe revela uma batalha sobrenatural encoberta pelas sombras, Sera sente a tentação tanto da loucura quando de um violento desejo.

Ferris Archer toma Sera como sua protegida agora que ela é talyan, possuída por um demônio arrependido com poderes infernais. Archer e sua liga de guerreiros há muito se arriscam para impedir que espíritos malignos causem problemas, mas nunca antes lutaram ao lado de uma mulher talyan - e nunca, em todos os seus séculos de vida, Archer encontrou uma mulher que o cativasse como Sera.

Com a balança pendendo entre o bem e o mal, paixão e possessão, Sera e Archer têm de derrotar a escuridão e ousar abraçar uma amor que os marcarão para sempre.

Bom, antes de mais nada vou dizer que gostei do universo que a Jessa criou. Um mundo onde o bem e o mal não são tão branco e preto, mas em tons de cinza. Há duas categorias principais de demônios: os djinni, que só querem causar a destruição; e o theshuva, demônios arrependidos que buscam a possessão como forma de ajudar a humanidade a eliminar demônios inferiores que se alimentam de emoções humanas. Os possuídos são pessoas que têm problemas ou estão passando por situações que atraem esses demônios quando eles conseguem atravessar o véu – barreira que separa o inferno de nosso mundo.

Mas o livro em si não me agradou muito. Em primeiro lugar a linguagem é ruim! Sofri horrores para entender algumas frases e situações e descrições e cheguei mesmo a pensar que tinha perdido a capacidade de ler em inglês – só me acalmei quando vi algumas resenhas de  americanas relatando a mesma dificuldade.

Em segundo lugar o casal principal – Sera e Archer – simplesmente não tinha “liga”! Um romance morno, amarrado, que não evoluia… Cheguei a gostar mais das tramas paralelas e de quando eles estavam separados do que do romance entre eles. Pensei que poderia ser a linguagem atrapalhando meu entendimento, mas não senti aqueles momentos de AH! Lindo! que os romances devem suscitar. Tinha horas que eu pensava: agora vai! eles vão se entender! – mas que nada!!! Chegou um ponto que cansei… mas claro que li até o final.

Ainda vou dar mais um a chance a essa série – o próximo livro vai ser do Liam, um personagem que me agradou – mas se tiver as mesmas dificuldades, vou desistir!

3 comentários:

Celsina disse...

Uma pena o livro ser assim, sem agradar muito. Ele perece ter tudo para ser bom, ótimo, inclusive a capa.

Mariane disse...

Olá bom diaaa...

Participe da PROMOÇÃO "O Albatroz Azul", uma parceria dos blogs Compartilhando Leituras e Amante dos Livros e Afins. ACESSE JÁ compartilhandoleituras.blogspot.com e PARTICIPE DESSA PROMOÇÃO IMPERDÍVEL!

Uma ótima semana ;)

Natália Alexandre disse...

Regina, q capa é essa?? Adorei, rs. Eu confesso que não conhecia o livro. Eu compraria pela capa, mas pelo visto me arrependeria depois.

Bom fim de semana,

bjs.