26 de dezembro de 2010

Jogos Vorazes de Suzanne Collins

Jogos Vorazes - Suzanne Collin9280f

Matar or Morrer. Não há escolha. Na arena, o mais capaz vence. Que os Jogos Vorazes comecem!

Katniss escuta os tiros de canhão enquanto raspa o sangue do garoto do Distrito 9…

Na abertura dos Jogos Vorazes, a organização não recolhe os corpos dos  combatentes caídos e dá tiros de canhão até o final. Cada tiro, um morto. Onze tiros no primeiro dia. Treze jovens restaram, entre eles. Katniss. Para quem os tiros de canhão serão no dia seguinte?…

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstra seu poder sobre o resto carente do país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte!

Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido Distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição será preciso mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes

 

Esse livro já entrou para minha lista de favoritos! Uma história muito intensa, com personagens fortes e uma construção de mundo fenomenal! Suzanne Collins realmente consegue nos transportar para Panem e o que vemos não é agradável, não é  justo, mas sim um terror sem igual e um sentimento de impotência e medo e revolta…

Katniss vive no Distrito 12 de Panem. É o distrito carvoeiro (onde são exploradas as minas de carvão). Seu pai era um minerador que morreu numa explosão quando ela tinha 11 anos. Depois da morte do pai, sua mãe cai em profunda depressão abandonando as duas filhas – Katniss e Primrose – a própria sorte e a morte certa… Katniss passa então a prover a família caçando e buscando provisões ilegalmente na floresta que circunda do Distrito. É onde conhece Gale, um rapaz quatro anos mais velho e que a ajuda e ensina e vira seu sócio nas caçadas e negociações com o mercado negro.

O livro é narrado por Katniss e conforme ela vai relatando sua história vamos vendo que o mundo onde ela vive é mesmo um mundo de pós guerra e empobrecido… Um mundo triste onde a luta para se sobreviver é uma constante e o governo rege tudo com mão de ferro e não permite nenhuma liberdade, bem pouca mobilidade social… Um mundo duro e seco e que suga as pessoas sem dó nem piedade.

O poder da Capital – sede do governo de Panem – é tão grande que ele obriga a todos os distritos a fornecerem, anualmente, dois jovens para serem tributos nos Jogos Vorazes. No dia da Colheita, todos os habitantes são obrigados a comparecem à Praça Central dos Distritos para verem o sorteio dos nomes dos representantes: um garoto e uma garota de doze a dezoito anos. Todos as crianças estão obrigatoriamente inscritas e não há como fugir dessa convocação! Se o convocado for fraco, doente, ou não tiver qualquer habilidade não importa… ele vai ser jogado na arena juntamente com os outros e, provavelmente, será morto logo no primeiro dia de combate… E é um combate sangrento e desleal e desumano ao extremo! Os Idealizadores dos Jogos são implacáveis e cruéis na construção das arenas e na exploração das fraquezas e forças dos tributos… tudo para a diversão da audiência da Capital!

Katniss e Peeta são os sorteados do Distrito 12 para os Jogos desse ano. Ele, filho do padeiro, não tem muitas noções de sobrevivência. Ela sabe sobreviver e caçar e lutar, mas estará preparada para enfrentar os tributos dos distritos mais ricos e que quase sempre vencem essas competições?  Quando Katniss relembra as edições anteriores a que assistiu – as mortes, os lugares, o terror… – a gente fica sempre imaginando como alguém pode fazer isso com os jovens? Como obrigar crianças e jovens a lutar até a morte para a diversão sádica de um governo?

Peeta é um personagem complexo – ainda mais porque o vemos através dos olhos de Katniss. Ele é aquele personagem que vamos descobrindo bem devagar e sempre ficamos com um pé atrás, mas que vai nos conquistando e nos decepcionando e nos fazendo pensar… Ele e Katniss são meio que oposto, mas complementares e é impossível não torcer pelos dois – se bem que só um pode sair vivo da arena!

E é esse o dilema que nos leva a ir virando as páginas e nos traz lágrimas aos olhos – chorei em vários momentos – pois como não sofrer junto com eles? Como encarar os combates sangrentos e cruéis e não ficar pensando em como a situação vai se resolver se só pode ficar um?

Esse é o primeiro volume de uma trilogia e espero que a Rocco não demore a lançar os outros dois, pois desejo mais do que tudo rever os personagens e o mundo desolado de Panem!

3 comentários:

Beli disse...

Esse tb faz parte dos meus favoritos! É uma série maravilhosa, complexa e personagens marcantes.
Adorei a resenha!

bjus

Josy-chan disse...

Fiquei completamente LOUCAAAA para ler esse livro. Darei um jeito de comprar mes que vem^^

Raphilicious disse...

Gostaria de saber se você topa parceria! Se sim, me avise para que eu possa linkar seu blog!

Feliz Ano Novo!