9 de agosto de 2009

Cega de Karin Slaughter

cega

A pacata Heartsdale, na Georgia, entra em pânico quando Sara Linton, pediatra e médica-legista da cidade, encontra Sibyl Adams, uma jovem professora universitária, morta em um restaurante local. Além de ter sido violentamente estuprada, Sybil fora esfaqueada: dois cortes profundos formavam uma cruz macabra na altura do estômago. No entanto, quando Sara realiza a autópsia, a brutalidade do assassino é revelada em toda a sua extensão.

O chefe de polícia, Jeffrey Tolliver, ex-marido de Sara, está a frente da investigação. Quando uma segunda vítima é brutalmente crucificada alguns dias depois, ele tem de encarar o fato de que o assassinato de Sibyl não fora um ataque pessoal, um caso isolado. Na verdade, um estuprador sádico aterrroriza o Condado de Grant.

Jeffrey não está sozinho em sua busca. Lena Adams, a única detetive da cidade, quer justiça a qualquer preço, uma vez que Sibyl é sua irmã. Sara também não consegue escapar do horror. Um segredo de seu passado pode ser a chave para descobrir o assassino – a menos que ele a encontre primeiro.

 

Gostei muito da história. Um suspense policial bem amarrado e um time de investigação muito bom.

A crueldade e esperteza do assassino estuprador é bem relatada – e quem se ressente de descrições pormenorizadas, pode não gostar muito. Eu, particularmente, adoro livros em que os legistas participam da investigação e vão revelando toda a monstruosidade dos psicopatas. Acho que de tanto assistir CSI fiquei mórbida…

Fora isso, há também as tensões entre os personagens e o relato do modo de vida de uma pequena e pacata cidade que se vê sacudida por crimes bárbaros e sem explicação. Eu consegui descobrir o assassino somente no final e por um pequeno detalhe, mas fiquei muito supresa!

Um ponto que não me agradou muito foi o relacionamento de Sara e Jeffrey. Os dois são excelentes profissionais e fazem seu serviço direitinho, mas quando chega a vida pessoal são dois paspalhos e metem os pés pelas mãos. Mas como é uma série (e infelizmente só dois livros foram lançados no Brasil até agora) dá para entender o porquê disso.

Série Condado de Grant:

Blindsighted (Cega) – 2001

Kisscut – Não publicado no Brasil – 2002

A Faint Cold Fear (Frio na Espinha) 2003

Indelible – Não publicado no Brasil – 2004

Faithless – Não publicado no Brasil – 2005

Beyond Reach – Não publicado no Brasil – 2007

Undone – Não publicado no Brasil – 2009

Espero que logo se publiquem os outros por aqui, pois é uma leitura muito interessante e um bom suspense policial.

6 comentários:

Celsina disse...

Olá!!
Adoroo um bom suspense policial, e sua resenha me deixou curiosa sobre série... eu quero!!
=)

Haa, deixei dois selinhos para vc no meu blog.
Beijoss!!

La Sorcière disse...

Eu li Frio na Espinha!!!!
Quando estava lendo sua resenha, pensei: eu conheço este casal....
eles continuam se desencontrando no segundo livro!
Agora fiquei com vontade de ler este....leia o segundo, vc vai gostar!
Bj

Regina disse...

Celsina!!

Obrigada pelos selinhos!!

Leia sim que vc vai gostar.

bjs

Regina disse...

La Sorcière

Estou lendo Frio na Espinha e acho que vou gostar sim. O começo já está impactante!

Acho que esses dois só vão se entender mais para o meio da série, e adoraria que publicassem os outros livros por aqui...

bjs

Débora Lauton disse...

Rê...

Essa série parece ser boa... taí mais uns livrinhos pra comprar...

beijos,
Dé...

Bia disse...

Oi Regina!
Meu noivo fez um blog de venda de livros muito legal com uns precinhos ótimos!

http://abbooks.blogspot.com/

Bjs