31 de março de 2010

Desafio Literário – Março

Desafio Literario

Esse mês foi particularmente difícil para eu conseguir cumprir o Desafio. Minha primeira opção era Moby Dick, mas não consegui avançar na leitura. (Decidi que vou tentar lê-lo até o final do ano!) Parti então para meu livro reserva: Shakespeare: Comédias, que se revelou tão impenetrável quanto o primeiro! Já na primeira peça, As Alegres Comadres de Windsor, não consegui avançar. Resolvi então partir para a leitura de A Megera Domada, cujo filme já tinha assistido um tempão atrás e simplesmente adorado!

Nessa peça temos a história de Catarina, uma moça briguenta e impertinente e desobediente. Como ela é a mais velha, seu pai, Batista, resolve que até ela não se casar, Bianca, a filha caçula, também permanecerá solteira. O problema é que Bianca é calma, linda e cheia de pretendentes que não se conformam com essa situação.  Então, como um milagre, Petruchio chega a cidade. Ele está em busca de uma noiva e resolve que vai domar Catarina. E consegue! E o bom é acompanhar essa conquista…  Paralelo a isso, há toda a briga entre os pretendentes de Bianca que também roubam a cena.

A peça começa com um prólogo, onde um nobre, voltando de uma caçada, depara-se com um trabalhador bêbado e resolve fazer uma brincadeira: veste-o de Senhor e obriga todos os servos a prestarem homenagem a ele. Enquanto estão se preparando para enganar o pobre, chega uma trupe de comediantes e o nobre os convida a se apresentar e participar da brincadeira. Quando Sly (o bêbado) acorda, todos se divertem a suas custas e, então,  a peça começa. Achei interessante essa metalinguagem, só que, no final, não vemos como termina a brincadeira,  o que me frustrou… Ficou como uma ponta solta e sem sentido!

Agora, pela primeira vez, preferi o filme ao livro! O filme, com Elizabeth Taylor e Richard Burton nos papéis principais, foi muito mais interessante pois trouxe cor e vida a um texto que considerei áspero demais e cheio de rodapés… Fora que o charme de Richard Burton interpretando Petruchio é sensacional!

8 comentários:

Débora Lauton disse...

Ah, esse filme eu assisti... é uma graça...
Eu acho que não conseguiria ler Shakespeare... esse mês foi um verdadeiro desafio para muitos...rss

beijos,
Dé...

Vivi disse...

E dá-lhe desafio para essa menina...hehehe

Mas saiu-se bem e vencedora com essa excelente resenha. Revigore as energias porque Abril tá aí!

Beijocas

Kézia Lôbo disse...

Bah eu nunca li e nem assisti o filme, e olha que ouço sempre falar...
MAs um dia ainda leio hehe!!

katy disse...

oi regina, li moby dick em 1 mês. achei muuuito chato, mas consegui terminar. adoro skakespeare!!! boa sorte na leitura. bjs e um excelente feriado.

Carla Martins disse...

Boa Páscoa para você!!!!!!

Que vc coma todo chocolate do mundo e não engorde 1 grama! :)

Conforme prometido, publiquei a primeira parte da mega e polêmica entrevista....passa lá pra ver...a segunda parte fica pra segunda.

beijos!

Cristine Martin disse...

Moby Dick também era meu livro principal este mês, mas é enorme, e não iria dar tempo de lê-lo. Mesmo assim continua na lista, pois quero muito lê-lo.

Parabéns pela escolha, e por cumprir o desafio!

Hérida Ruyz disse...

Olá!
Estou um pouco impaciente ultimamente. correndo de livros dificeis.
Tô a fim de moleza.kkk
Que bom que vc conseguiu vencer o desafio.
js

Sonia H disse...

Oi, Regina,
Realmente não é fácil ler Shakespeare.
Li algumas peças dele e só fui gostar mesmo depois de relê-las, sabia?
Esta eu não li ainda!
Parabéns pelas tentativas! Não temos mesmo que ler aquilo que não gostamos.
Já disse uma vez Daniel Pennac num texto que escreveu sobre 'Os direitos do leitor", não lembro do nome correto.
Feliz Páscoa!